4 de junho de 2014

5 motivos para você assistir/ler A Culpa é das Estrelas


Hoje, um dia antes da grande estréia do aguardado filme A Culpa é das Estrelas, eu vim fazer um dos últimos posts do especial ACEDE. O post de hoje é sobre 5 motivos para você assistir/ler A Culpa é das Estrelas. Eu já garanti o meu ingresso, e vocês?

Repleto de Metáforas Inteligentes 


Devido aos seus personagens unicamente irônicos e engraçados, o livro é repleto de metáforas sobre tudo o que os rodeia, eu adorei ler o livro por causa disso e, mesmo que eu não tivesse gostado do resto da história, eu teria gostado ao menos dessa parte. Não são só metáforas, mas metáforas inteligentes, isso é uma das características da escrita do John Green, ou seja, todos os seus livros (pelo menos os que eu já li) têm essa característica de ser cheios de metáforas, frases e diálogos inteligentes, isso provavelmente deve-se ao fato de ele ser bem geek e conviver bastante com jovens ou sei lá, mas que esse livro é repleto de metáforas únicas eu tenho certeza e que ele vale à pena ser lido só por causa disso eu também sei! 

Personagens Marcantes


Essa é outra habilidade do John Green, ele consegue criar personagens super difíceis de não se apegar, todos têm algo com qual nós nos identificamos ou simplesmente nos afeiçoamos por eles, em Quem é você, Alasca? o leitor se apaixona pela Alasca e em O Teorema Katherine a gente se apaixona pela Lindsay, já aqui a gente se apaixona por todos eles, todos são únicos e enfim, a (boa) criação de personagens é uma das muitas habilidades do Green.

Holanda

Acho que todo mundo que leu esse livro ficou com vontade de conhecer Amsterdã,o lugar é, de acordo com a descrição do Green, lindo e cheio de coisas bonitas, eu não duvido nada,até porque sou apaixonado pelas fotografias de lá e enfim, se você gosta de viajar (quem não gosta?), você com certeza vai gostar de ler esse livro, porque a gente conhece um pouco mais da Holanda e da cultura e dos lugares e até um pouco da casa da Anne Frank, onde acontece uma cena linda e enfim, leiam o livro e assistam ao filme para ver a cena sobre a qual estou falando!

Trata da Doença de um Modo Diferente

Cansado de livros sobre câncer em que o protagonista é um "coitado" que está morrendo e só fala sobre isso? Não é isso que você encontrará em A Culpa é das Estrelas, o livro mostra como pessoas doentes podem levar uma vida normal e ser felizes, se apaixonar e até fazer viagens internacionais para lugares incríveis! Não que isso não esteja presente na trama, a doença é algo que acompanha os personagens por durante todo o livro, mas eles não passam o livro todo reclamando disso e ainda tratam o câncer de um modo totalmente diferente, envolvendo-o em um humor negro e fazendo com que tudo fique mais interessante ainda, mérito é claro, da fantástica escrita do John Green!

A Escrita do John Green e as Lições Aprendidas

Eu não poderia deixar de falar aqui sobre a escrita do John Green, o cara sabe escrever livros pra adolescentes como poucos autores sabem fazer e sabe prender a atenção do leitor nas páginas de suas obras, além de sempre inserir uma mensagem bonita em seus livros, às vezes não só uma e sim  várias, mas, para não me prolongar, vou dizer o que  vou levar para a vida do livro A Culpa é das Estrelas: a vida é linda e não merece ser desperdiçada, não importa em que situação você se encontra, faça de tudo para viver sua vida da melhor maneira possível, ao lado de pessoas que você ama e não tenha medo de viver, não tenha medo de amar e de estar com pessoas que ama você, para mim, essa é a principal lição do livro, e eu espero que, quando for assistir o filme amanhã, possa sentir que essa mensagem foi passada de forma correta para os telespectadores, porque é uma lição que todos deveriam levar para a vida!

Abraços,
Gabriel

2 comentários:

  1. Tá tudo tão lindooooooooooooooo. Realmente esses 5 motivos são redundantemente motivadores.

    ResponderExcluir
  2. Eu também adorei a forma como os personagens são irônicos no livro! Quando estava lendo a parte em que eles chegam ao quarto da Anne Frank, até marquei aquela página, porque achei super divertido o diálogo entre Hazel e Gus. E eu nem imaginava que eles iriam se beijar também! *-*

    Fiz uma resenha Book 2 Movie sobre a obra, se você puder passar lá e dar uma olhada. ^^

    http://alguns-discursos.blogspot.com.br/2014/07/book-2-movie-culpa-e-das-estrelas.html

    Beijinhos

    ResponderExcluir

Fala galera! Vamos conversar um pouco sobre os comentários?

-> Eu adoro ler comentários, sério, gosto muito, mas a gente que é blogueiro percebe quando a pessoa leu o conteúdo do post e quando ela não leu. Por mais que você esteja comentando, a gente percebe que você não leu o post e isso não é muito legal, então comente coisas coerentes ao post, por favor, respeito quem escreveu o conteúdo lendo e comentado coisas inteligentes, comentários com "que legal! Comente no meu blog" não são legais.

-> Se você tem um blog de qualquer gênero, vou adorar conhecer. Talvez não vá lá no dia em que você comentou, ou no dia seguinte, mas mais dia menos dia vou conferir lá, e se você seguir o meu, eu sigo se volta sem nenhum problema!

-> Sem ofensas, por favor. Nunca passei por nenhum constrangimento durante o período de existência do blog e nem quero passar, então respeito é bom e todos gostam.

Comentem à vontade!
Abraços,
Gabriel