12 de novembro de 2013

Resenha - Em Chamas

Título: Em Chamas
Autora: Suzanne Collins
Editora: Rocco Jovens Leitores
Trilogia: Jogos Vorazes
Páginas: 413
Classificação: 5|5
Onde Comprar: Saraiva


Sinopse:
Depois da improvável e inusitada vitória de Katniss Everdeen e Peeta Mellark nos últimos Jogos Vorazes, algo parece ter mudado para sempre em Panem. Aqui e ali, distúrbios e agitações dão sinais de que uma revolta é iminente. Katniss e Peeta, representantes do paupérrimo Distrito 12, não apenas venceram os Jogos, mas ridicularizaram o governo e conseguiram fazer todos - incluindo o próprio Peeta - acreditarem que são um casal apaixonado. A confusão na cabeça de Katniss não é menor do que a das ruas. Em meio ao turbilhão, ela pensa cada vez mais em seu melhor amigo, o jovem caçador Gale, mas é obrigada a fingir que o romance com Peeta é real. Já o governo parece especialmente preocupado com a influência que os dois adolescentes vitoriosos - transformados em verdadeiros ídolos nacionais - podem ter na população. Por isso, existem planos especiais para mantê-los sob controle, mesmo que isso signifique forçá-los a lutar novamente.

Resenha:
Eu não tava querendo ler o livro por causa da história, Jogos Vorazes foi um livro muito legal, 5 estrelas, mas não foi favoritado, eu tava querendo ler esse livro mais por causa do filme e durante o livro fui me envolvendo com os personagens, com a narrativa da autora, com o local onde se passa, passei a gostar de tudo e sim, esse livro foi melhor que Jogos Vorazes, esse sim entrou pra minha lista de favoritos!
O final do primeiro livro da série foi muito instigante. O que a Capital faria para que os dois rebeldes vencedores do Distrito 12 não ganhassem aliados nessa rebelião que eles começaram? Qual seria o castigo que Peeta e Katniss iriam receber por desafiar a Capital? 
Depois de vencer os Jogos Vorazes, Katniss passou a viver em uma casa confortável e aconchegante sendo vizinha de Haymith e Peeta, a vida dos sonhos, não?! Não. Seu relacionamento com Peeta ficou difícil depois que ela admitiu para ele que não gostava realmente dele, e que todo o romance que eles viveram não passou de uma atuação que ela fez para conseguir patrocinadores nos Jogos, eles mal conseguem se olhar nos olhos, além de Katniss começar a ser ameaçada pela Capital, sobretudo por um vilão de dar ódio: presidente Snow. Além de seu relacionamento com Gale, que não voltou a ser o mesmo de antes dos Jogos. Para as câmeras, Peeta e Katniss ainda são um casal desafortunado, isso porque não podem levantar bandeira de que o truque na arena era uma forma de rebeldia, e sim uma prova de amor, isso vale a vida deles, e de seus familiares.


Nesse livro começam os levantes dos distritos e uma rebelião começa a crescer aos poucos, não dá pra contar muito do livro em si, mas o que posso dizer é que eles acabam tendo que voltar para a arena, todos os vencedores passados, dois de cada distritos são obrigados a voltar pra Arena e, podem crer, lá o bicho pega!
O livro não foca muito os Jogos em si, mas sim nas rebeliões que vão crescendo aos poucos e Katniss percebe que é o grande símbolo da rebelião, ela e seu tordo. Ela representa a esperança para os distritos, e os acontecimentos na arena só vão solidificar mais isso! Os personagens desses livros são demais. Vou falar que não gosto do Finnick, não que não gosto, mas não vejo nada demais nele, desculpem garotas. A Katniss e o Peeta estão de volta! Eu gosto dos dois e no primeiro livro eu torcia pro Gale ficar com ela, mas agora eu torço pro Peeta ficar com ela, ele é menos chato do que o Gale! O vilão desse livro é frio e de dar medo em qualquer um, o Presidente Snow toma várias medidas drásticas para tentar evitar que haja uma rebelião por parte dos distritos. Cinna e Effie também estão de volta, divertidos como sempre. O livro vai focar nos levantes que estão começando nos distritos e sobre o que a Capital está fazendo para acabar com esses. Há um grande mistério envolvendo o Distrito 13, que é desvendado no final do livro.
A narrativa da Collins, mesmo com o livro sendo considerado um ya faz a gente se sentir mais inteligente, como eu ouvi uma vez uma pessoa falar, a narrativa da Collins não é só de uma escritora ya, é de uma escritora ya esperta, que não faz os leitores de burros. Além de ser totalmente cativante, não tem como parar de ler sem ficar super curioso com o que vai acontecer no final da trama, e essa curiosidade te impede de largar o livro.
As cenas de ação são super bem descritas, dá pra ver um filme em nossa mente de tudo o que tá sendo escrito ali pela Collins, o que dá créditos para ela! Ela não economiza páginas em cenas de ação, que são cuidadosamente descritas e bem, depois de ter terminado de ler deu saudades da narrativa dela, o que prova que é realmente boa! Outra coisa que merece ser citada sobre a autora é que ela consegue realmente surpreender a gente em algumas partes do livro. A gente lê e pensa Tá de sacanagem? Mas é super legal receber esses tapas na cara dela, porque quando um autor é bom ele consegue fazer isso com facilidade e realmente surpreender a gente, que fica pensando algo do tipo Nossa cara, nem imaginava que isso pudesse acontecer! Mas enfim, adoro a narrativa da autora! E o final desse livro é muito top, dá muita vontade de ler o próximo, tô me segurando pra não comprar, porque fiz uma promessa de livros só no natal. Mas enfim, quando tiver com A Esperança em mãos vou ler imediatamente!
Em Jogos Vorazes, Collins criou um universo totalmente novo, onde a esperança é uma coisa preciosa, nesse segundo livro, a esperança cresce e há uma faísca, mas onde há faísca pode haver fogo, e em lugares onde há Garotas Em Chamas, essa faísca só tende a crescer mais rápido. Com uma narrativa única, personagens críveis, um espaço espetacular e um enredo fantástico e cheio de surpresas, Collins oferece ao leitor de qualquer gênero, uma refeição literária completa!
Abraços,
Gabriel

2 comentários:

  1. Quando eu terminei de ler Jogos Vorazes, tava com receio de começar a ler Em Chamas, sei lá, tipo, achei que não ia ter muito o que falar, agora que não tinha mais os jogos e tal. Mas eu comecei a ler e achei muito melhor que o primeiro. Em Chamas, ao contrário de Jogos Vorazes e a Esperança, entra na lista dos meus livros favoritos. Esse último também é surpreendente, pena que o final, slá, é meio depressivo, mas a trilogia de modo geral é muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também achava isso, até meus amigos pirarem me dando vários spoiler e dizendo mais ou menos o que aconteceria em Em Chamas! Ouvi uma pessoa dizer que é porque em uma guerra não há vencedores, todos os lados saem perdendo e você não consegue ser a mesma pessoa depois que participa de uma, então quando ler eu vou dar um crédito á autora! Haha
      Abraços,
      Gabriel

      Excluir

Fala galera! Vamos conversar um pouco sobre os comentários?

-> Eu adoro ler comentários, sério, gosto muito, mas a gente que é blogueiro percebe quando a pessoa leu o conteúdo do post e quando ela não leu. Por mais que você esteja comentando, a gente percebe que você não leu o post e isso não é muito legal, então comente coisas coerentes ao post, por favor, respeito quem escreveu o conteúdo lendo e comentado coisas inteligentes, comentários com "que legal! Comente no meu blog" não são legais.

-> Se você tem um blog de qualquer gênero, vou adorar conhecer. Talvez não vá lá no dia em que você comentou, ou no dia seguinte, mas mais dia menos dia vou conferir lá, e se você seguir o meu, eu sigo se volta sem nenhum problema!

-> Sem ofensas, por favor. Nunca passei por nenhum constrangimento durante o período de existência do blog e nem quero passar, então respeito é bom e todos gostam.

Comentem à vontade!
Abraços,
Gabriel