19 de novembro de 2013

Resenha - Dezessete Luas

Título: Dezesseis Luas
Autoras: Kami Garcia e Margaret Stohl
Editora: Galera
Série: Beaultiful Creatures
Páginas: 462
Classificação: 5|5
Onde Comprar: Saraiva


Sinopse:
Juntos, Ethan e Lena podem enfrentar qualquer ataque de Gatlin. Ao menos era assim que funcionava antes de Lena sofrer uma perda trágica e começar a se afastar e gaurdar segredos que estão testando o relacionamento. E agora que Ethan abriu os olhos para o lado negro de Gatlin, não há como voltar atrás. Assombrado por estranhas visões que somente ele consegue ver, Ethan vai sendo puxado cada vez mais para dentro da história confusa de sua cidade.

Resenha:
Quando você lê o primeiro livro de uma série e gosta mais ou menos dele, ou até gosta mas não achou algo incrível, a curiosidade para o segundo livro dessa série costuma ser baixa, assim foi comigo ao ler Dezesseis Luas, o primeiro volume da série Beaultiful Creatures, quando li, achei o livro legal, mas não demais e não tava com muitas expectativas pra ler o segundo da série, até porque tinha ouvido falar que o segundo era o pior de toda a série. Eu não acho isso, inclusive achei esse segundo bem melhor que o primeiro!
Nesse segundo livro, Lena está depressiva pela morte de seu tio, seus problemas e dúvidas aumentam quando percebe que um novo aniversário está por vir. Grande parte das besteiras que a personagem faz nesse segundo livro, devem-se ao sentimento de culpa que tem pela morte do seu tio, que só aumenta. Mesmo com Lena fazendo escolhas erradas, fazendo besteira e afastando Ethan de si mesma, ele não desiste dela, ele acredita que o amor deles pode vencer todas as barreiras, e luta para isso acontecer. 
Essa continuação é bem mais sombria do que o primeiro livro, nesse livro o mundo dos conjuradores é mais explorado pelas autoras e há uma presença maior de seres sobrenaturais. Ethan e Lena não se entendem mais tanto quanto se entendiam e parecem estar pensando diferente agora, até porque eles não podem mais esconder de si mesmos o que Lena é, uma Conjuradora.
"-Tipo um alarme? Isso não é bom.
-Não sabemos se foi isso.
-Você está brincando? Nunca é bom quando o Comissário Gordon ativa o Bat-Sinal. Nem quando o Quarteto Fantástico vê o número quatro no céu.
-Entendi a ideia." - 
As autoras são bem descritivas e detalhistas, mas mesmo assim não tornam difícil a leitura da obra, muito pelo contrário, elas não me entendiaram em quase nenhum momento da narrativa. Quase. Quem me conhece, ou lê minhas resenhas deve saber que eu não costumo gostar de começo de livros, eles são lentos e se o autor não me prender, eu desanimo com o resto do livro. Dezessete Luas em especial tem um começo bem cansativo, o clima de luto pela morte de Macon é bem forte e torna tudo mais lento. Em certo ponto também voltei a uma opinião que tive no primeiro livro, as autoras em algum momento ficam muito repetitivas, sempre voltando ao mesmo ponto na narrativa, repetindo coisas desnecessárias, mas isso não tornou a narrativa chata.


Os personagens do primeiro livro estão de volta aqui. Ethan, Lena, Ridley e dois que todos que lerem essa série vão gostar: Link e Amma, esses dois são muito legais, principalmente a Amma. Nesse livro ainda são acrescentados dois novos personagens: Liv e John, esses vão mexer com o romance da história e esperem um quadrângulo (?) amoroso. Tudo bem que Lena e Ethan são um casal bonito e que eles se amam, mas não tem como não gostar da Liv, ela é uma personagem que não tem como odiar, ela me lembra a Lindsay, de O Teorema Katherine, não sei exatamente porque, mas me lembra.
Outro ponto que eu queria falar é sobre a reinserção na história, quando eu leio um segundo livro de série, ou qualquer outro volume de uma série que não seja o primeiro, eu sempre gosto que o autor me reapresente os fatos do livro anterior, assim eu não fico perdido na história, as autoras desse livro conseguiram fazer isso muito bem, então se você leu Dezesseis Luas há muito tempo, não há necessidade de reler antes de ler esse segundo volume.
As cenas de ação desse livro não são muito constantes, quer dizer, o livro é calma até certo ponto, quando a ação começa e os fatos começam a se desenrolar tudo fica bem mais legal. Tem algumas coisas que acontecem nesse livro que me fizeram ficar de boca aberta, como eu já falei antes, não sou fácil de se surpreender, mas há alguns livros que conseguem me surpreender, esses são sempre os melhores, os que conseguem me deixar de boca aberta! O final desse livro é bem mais instigante do que o primeiro, tô super ansioso para ler o terceiro e ver o que vai acontecer, qual o rumo que as autoras vão dar pra trama. Eu achei o livro super legal e como diziam os meus avós, o ditado Não julgue um livro pela capa, se aplica perfeitamente aqui, a capa é escrota, mas o livro é muito bom! Recomendo!
Abraços,
Gabriel

6 comentários:

  1. Que resenha maravilhosa, primeira vez que visito esse blog e já me apaixonei.
    Não li o livro Dezesseis Luas, mas assistir ao filme. Muito legal!
    Tou seguindo seu blog, voltarei sempre aqui, espero sua visita em meu blog

    Nateeladopc.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pelos elogios cara! Fico feliz que tenha gostado. Ainda não assisti o filme de Dezesseis Luas, só li o livro! Vou lá conferir o seu já já!
      Abraços,
      Gabriel

      Excluir
  2. Tem o primeiro livro 16 Luas né? pfvr me diz que eu não estou pirando AHUHAHUA
    em fim adorei a resenha, to stalkeando esse coleção há messes, mas o meu dinheiro não colabora :(
    Claro que eu aceito a afiliação, já sabe as regras né *-* em fim quando me puser como afiliado me avise e eu te coloco tbm ^^

    XOXO :D
    Conheça o Joven Clube

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim! Haha, em breve vou ajeitar tudo por aqui pra gente poder dar continuidade a afiliação!
      Abraços,
      Gabriel

      Excluir
  3. Já vi muitas pessoas falar bem dessa saga, mais nunca me interessei em ler, mais parece ser legal.
    Eu assisti o filme do primeiro livro e até que gostei.

    http://momentocrivelli.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma série boazinha, o primeiro não é nada demais, mas esse segundo é ótimo!
      Abraços,
      Gabriel

      Excluir

Fala galera! Vamos conversar um pouco sobre os comentários?

-> Eu adoro ler comentários, sério, gosto muito, mas a gente que é blogueiro percebe quando a pessoa leu o conteúdo do post e quando ela não leu. Por mais que você esteja comentando, a gente percebe que você não leu o post e isso não é muito legal, então comente coisas coerentes ao post, por favor, respeito quem escreveu o conteúdo lendo e comentado coisas inteligentes, comentários com "que legal! Comente no meu blog" não são legais.

-> Se você tem um blog de qualquer gênero, vou adorar conhecer. Talvez não vá lá no dia em que você comentou, ou no dia seguinte, mas mais dia menos dia vou conferir lá, e se você seguir o meu, eu sigo se volta sem nenhum problema!

-> Sem ofensas, por favor. Nunca passei por nenhum constrangimento durante o período de existência do blog e nem quero passar, então respeito é bom e todos gostam.

Comentem à vontade!
Abraços,
Gabriel